O Hino Nacional Argentino agora tem sua própria versão gravada em quíchua e guarani.

Foto: Imprensa Jujuy

Por ocasião da comemoração do Dia do Hino Nacional Argentino, representantes dos Povos Indígenas, juntamente com o Ministério dos Direitos Humanos, apresentaram a versão do hino em quíchua e guarani na província de Jujuy. Além disso, a versão das gravações é acessível ao público e os áudios estão disponíveis através de um código QR, por meio do qual é possível ouvir a interpretação de ambos os idiomas.

Na cerimônia de apresentação, o hino foi executado pela Orquestra da Escola Provincial de Música e por membros das comunidades indígenas que cantaram os versos em quíchua e guarani.

Também foi entregue uma placa em reconhecimento à equipe intersetorial que traduziu e gravou o hino nesses idiomas.

O objetivo das novas versões do hino nacional é revalorizar os idiomas dos povos indígenas da província de Jujuy, a fim de reafirmar os espaços de participação,

fortalecer sua identidade e promover o pleno exercício de seus direitos e de todas as formas de expressão.

Nesse sentido, "a tradução do Hino Nacional para os idiomas de nossas comunidades indígenas representa o fortalecimento de nossa cultura como povo e nos ajuda a manter vivas as línguas ancestrais que expressam uma forma de sentir, pensar e agir em harmonia com a natureza", disse a ministra do Desenvolvimento Humano, Natalia Sarapura.

Deixe um comentário